COOHRREIOS RS
10 ANOS DA COOHRREIOS
COMO SE ASSOCIAR
FALE CONOSCO
LEIS, ESTATUTO E RI
ATA DE FUNDAÇÃO
FÓRUM DE DEBATE
ENQUETE
NOTÍCIAS
ÁLBUM GERAL
MINHA CASA MINHA VIDA
PROJETOS EM OBRAS
PROJETOS EM ANÁLISE
PROJETOS EM ESTUDOS
PROJETOS EXECUTADOS
CRÉDITO SOLIDÁRIO
MIGRAÇÃO CRÉDITO SOLIDÁRIO
CMP Central Mov Populares
FENAHTECT
COOHRREIOS MG
Mãos Dadas Cooperativa
Bonsucesso Cooperativa
Ong Movimentação
 
 


Migração Programa Crédito Solidário

Caros cooperados

 Estou entrando em contato com vocês para informar uma ótima notícia.

O governo federal implementou o Programa Crédito Solidário II.

Este programa está mais próximo da nossa realidade financeira e familiar.

Você que acessou o financiamento habitacional, através da Caixa Econômica Federal com o Programa Crédito Solidário I, organizados pela Cooperativa Habitacional dos Empregados da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos do Estado do Rio Grande do Sul Ltda, a partir de 2006, tem a oportunidade de migrar para o novo programa Crédito Solidário II.

O Conselho Curador do FDS - Fundo de Desenvolvimento Social gerenciado pelo Governo Federal/Ministério das Cidades recebeu reivindicações dos movimentos populares que atuam no País e no Conselho das Cidades para implementarem uma política pública habitacional que facilitassem a vida dos trabalhadores de baixa renda (com uma renda bruta familiar entre 01 até 05 salários mínimos). Assim ficou estabelecido a criação do novo Programa Crédito Solidário a partir de 2008 para os projetos habitacionais de interesse social. 

Veja as vantagens que ele proporciona:  

1)    a parcela do seguro de vida passará a ser coberto pelo Governo Federal, facilitando assim uma parcela menor no seu pagamento e mantendo o benefício de indenização por morte do titular integral. Isto é como se você estivesse pagando o seu seguro de vida. Para os colegas de idade avançada será uma economia gigantesca com a supressão do seguro. 

2)    a cada vencimento que você realizar o pagamento das prestações em dia, a Caixa Econômica Federal descontará 10% da parcela, facilitando mais uma vez o seu pagamento e a renda familiar. 

3)    a outra novidade é que a Entidade Organizadora também será beneficiada neste novo programa. Ela terá um ganho de 5% sobre as parcelas pagas em dia do grupo todo. Ajudando assim nos seus custos administrativos. Outra facilidade será a absorção dos seus cooperados neste programa resultando assim a diminuição da inadimplência do grupo, o que a liberará para a realização de novos projetos habitacionais a outros cooperados que não acessaram a casa própria ainda. 

Esta migração tem dia para terminar.

Nosso prazo máximo para as migrações está sendo prorrogado para 30 de setembro de 2010. Portanto não percam esta vantagem. Avise os vizinhos, amigos e parentes que acessaram a casa própria nos empreendimentos Vivendas São Tomé e Porto Verde para irem até a sede da COOHRREIOS a tarde e falar com o Paulo Franqueira que está organizando as fichas para entrega na Caixa Econômica Federal, ok! 

Boa luta a todos vocês e saudações cooperativistas.

Paulo Machado
Coordenador Administrativo - COOHRREIOS Gestão 2007/2011

"O cooperativismo habitacional compreende-se por uma luta que é de todos.Todos precisam ajudar na construção de uma sociedade fraterna, igualitária e principalmente, solidária. Não podemos aceitar o individualismo como uma saída emergente para as nossas dificuldades. Sejamos sociais, pois só assim, contribuiremos para um mundo melhor. Acreditemos, nós, juntos, conseguiremos vencer as diferenças sociais existentes em nossa sociedade. Façamos a nossa parte. E agora! Já! Sem perdermos tempo!"   Paulo Machado - Sócio fundador/2004.