COOHRREIOS RS
APRESENTAÇÃO
EQUIPE DE TRABALHO
10 ANOS DA COOHRREIOS
COMO SE ASSOCIAR
INSCRIÇÃO
Cadastro Único - NIS
FALE CONOSCO
Nosso Contato
ESTATUTO E LEIS
ATA DE FUNDAÇÃO
MINHA CASA MINHA VIDA
NOTÍCIAS
ÁLBUM GERAL
PROJETOS EM OBRAS
PROJETOS EM ANÁLISE
PROJETOS EM ESTUDOS
PROJETOS EXECUTADOS
CRÉDITO SOLIDÁRIO
FENAHTECT
CMP - Central dos Movimentos Populares
FÓRUM DE DEBATE
SERVIÇO GRATUITO
ATIVIDADES
ENQUETE
PARCEIROS DA COOPERATIVA
 
 


Como proceder para regularizar PROTESTOS, CHEQUES SEM FUNDOS, AÇÕES JUDICIAIS (execuções de dívida ou busca e apreensão)

PROTESTOS - 1º) Dirija-se ao cartório que registrou o protesto e solicite uma certidão para obter os dados de quem o protestou. 2º) Comunique-se com quem o protestou, regularize o débito e peça uma carta indicando que a dívida foi regularizada. 3º) Reconheça firma da pessoa/empresa que o protestou, retorne ao cartório onde consta o registro e solicite seu cancelamento. 4º) A baixa do protesto ocorrerá pelo comando do cancelamento de protesto do respectivo Cartório. Necessitando de urgência, encaminhe a certidão para o seuinte endereço: Rua Antônio Carlos, 434 - CEP: 01309-010 Cerqueira César - São Paulo -SP.

CHEQUES SEM FUNDOS - 1º) Procure a agência do banco indicado como apresentante da ocorrência do cheque sem fundos. 2º) Solicite ao banco informações sobre o número, o valor e data do cheque que foi reapresentado sem que houvesse saldo na conta corrente para pagamento. 3º) Em seguida, procure a pessoa ou empresa a qual foi emitido o cheque, para regularizar o débito e recuperar o documento. 4º) De posse do cheque, prepare uma carta seguindo a orientação do gerente do banco que informou a ocorrência de cheque sem fundos. Junte o original do cheque recuperado, recolha as taxas bancárias pela devolução do cheque e protocole uma cópia dos documentos entregues no banco para regularização no Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos (CCF). 5º) Para a regularização no CCF, o correntista deve acompanhar e obter o protocolo da comunicação de regularização emitida por seu banco para o Banco do Brasil, encarregado pelo Banco Central de processar a atualização do CCF. 6º) A regularização de cheques sem fundos só ocorre após o Banco do Brasil enviar comandos específico para a Serasa Experian, por meios magnéticos.

AÇÕES JUDICIAIS (execuções de dívida ou busca e apreensão) - 1º) Para a regularização desse tipo de anotação, certifique-se de que o processo já tenha sido julgado e que se encontre arquivado ou extinto. 2º) A certificação é obtida por meio de cópia do despacho do juiz ou de de certidão emitida pela Vara Cívil onde o processo foi distribuído. 3º) Encaminhe à Serasa Experian a comprovação da existência de embargos à execução, penhora, extinção do processo ou da existência de acordo entre as partes com homologação em juízo, o que poderá ser feito pelo envio de correspondência para a Rua Antônio Carlos, 434 - CEP: 01309-010 Cerqueira César - São Paulo - SP.

CHEQUES ROUBADOS OU PERDIDOS

Como se prevenir contra fraude?

Comunique imediatamente à sua agência bancária.

Após o horário de funcionamento dos bancos e aos sábados, domingos ou feriados, você pode ligar, de qualquer lugar do País, para o plantão Serasa Experian, no telefone 11 3373 7272. A Serasa Experian manterá um cadastro provisório que ficará disponível para empresas associadas.

Lembre-se que esse Serviço Gratuito de Proteção ao Cidadão é uma proteção provisória contra o uso indevido dos cheques. Para ter mais garantia, você deverá comparecer ao seu banco para sustar os cheques assim que puder.

Atenção

Para preservar a segurança necessária na prestação do serviço gratuito de informação ao público, a Serasa Experian solicita a apresentação dos seguintes documentos:

1º) Para a própria pessoa

  • Pessoa Física - CPF, RG ou Carteira profissional (originais)
  • Pessoa Jurídica - CNPJ, Contrato Social, Estatuto ou comprovante do cargo de sócio ou diretor do solicitante   

2º) Para informações de terceiros (pessoa física ou jurídica)

  • Procuração assinada pelo interessado, mencionando o intuito de obter informações da Serasa Experian, original ou xerox autenticada, com firma reconhecida
  • RG ou Carteira Profissional da pessoa autorizada pela procuração (original)

Observação: A procuração ficará arquivada na Serasa Experian. Para uma nova consulta será necessária a apresentação de outra procuração.   

"O cooperativismo habitacional compreende-se por uma luta que é de todos.Todos precisam ajudar na construção de uma sociedade fraterna, igualitária e principalmente, solidária. Não podemos aceitar o individualismo como uma saída emergente para as nossas dificuldades. Sejamos sociais, pois só assim, contribuiremos para um mundo melhor. Acreditemos, nós, juntos, conseguiremos vencer as diferenças sociais existentes em nossa sociedade. Façamos a nossa parte. E agora! Já! Sem perdermos tempo!"   Paulo Machado - Sócio fundador/2004.